Quando o assunto é a administração do condomínio, não podemos negar que o síndico tem uma missão difícil, e às vezes, mesmo com toda a dedicação, pequenos problemas podem colocar em xeque sua credibilidade. Apesar de todos os obstáculos, determinados fatores e recursos funcionam como verdadeiros guias para se alcançar uma atuação de sucesso.

Quer descobrir como transformar a sua gestão em um trabalho de excelência? Então confira, no post de hoje, 5 dicas infalíveis que deixarão os condôminos bastante satisfeitos. Boa leitura!

1. Estabeleça uma comunicação clara e direta com os moradores

Uma comunicação transparente consiste em um dos pilares para que a administração do condomínio seja bem-sucedida. Quando os condôminos elegem um síndico, há a expectativa de poder contar com alguém que cuidará do bem comum da melhor maneira possível.

Nada mais eficiente do que comunicar de forma clara e com uma linguagem objetiva as principais ações do corpo administrativo.

Por esse motivo, não utilize apenas as assembleias como veículo para deixar os moradores informados, e muito menos espere que eles venham até você no intuito de se inteirar sobre o que acontece no condomínio.

O ato de manter uma boa comunicação é impulsionado por pequenas atitudes, como:

  • elaborar um comunicado periódico, seja em forma de jornal ou qualquer outro modelo;

  • investir em tecnologias como o grupo nas redes sociais;

  • investir em outras plataformas desenvolvidas especialmente para condomínios.

2. Faça uma boa gestão das contas

O papel de quem assume o controle de um condomínio é semelhante ao de quem gerencia uma empresa — é preciso uma boa organização dos ativos e passivos, a fim de não se correr o risco de ficar sem dinheiro para cobrir despesas eventuais.

Registre todas as obrigações, como os gastos com energia elétrica, abastecimento de água, remuneração dos funcionários e impostos, e então procure não comprometer todo o seu orçamento com as despesas fixas; é sempre recomendável possuir reservas, caso surjam gastos adicionais.

3. Cuide da manutenção predial

A manutenção predial é um tema indispensável para uma brilhante administração do condomínio. Esse tipo de trabalho envolve questões que não somente cuidam do conforto e bem-estar dos moradores, como também representam as medidas mais apropriadas para prevenir acidentes.

Logo, é importante investir na manutenção de itens como:

  • elevadores;

  • áreas de lazer;

  • jardins;

  • pintura;

  • garagem e recepção;

  • equipamentos de uma forma geral.

4. Zele pela segurança dos moradores

A prioridade na segurança é outro aspecto crucial para a boa gestão de um condomínio e que, consequentemente, aumenta o nível de aprovação do síndico.

Nesse contexto, a aquisição de um sistema de câmeras e alarmes, a modernização da portaria, o estabelecimento de critérios rígidos para entrada e saída de visitantes e prestadores de serviço e o treinamento dos funcionários são providências capazes de assegurar maior tranquilidade e proteção.

5. Delegue tarefas

Quando todas as tarefas se concentram em uma única pessoa, há uma probabilidade de que essa sobrecarga acabe atrapalhando na execução de alguma delas.

Assim, é indicado que o síndico eleja, com a participação dos condôminos, uma comissão de pessoas para assumirem determinadas ações que lhes serão delegadas. Normalmente, os conselheiros eleitos são encarregados de decisões de menor importância — pagamento de contas, cotação de preços, serviços de manutenção etc.

Por mais habilidoso e responsável que seja o síndico, para que sejam obtidos melhores resultados na administração do condomínio, é importante poder contar com o auxílio de ferramentas tecnológicas que potencializem o seu trabalho. São inúmeros os recursos disponíveis, totalmente moldáveis ao perfil e orçamento de cada cliente.

Gostou das dicas? Agora que você já sabe o caminho para ser um excelente síndico, contate-nos e confira os benefícios que o nosso sistema para gestão de condomínios pode lhe oferecer.